bid-1

Secretário profere palestra e faz visita ao BID

13 de março de 2013

Nesta quarta-feira, Eduardo Diogo tem almoço com a ministra Mirian Belchior

Palestra na 1ª Jornada Internacional de Gestão Pública e visita de cortesia à direção do Banco Internamericano de Desenvolvimento foram os itens da agenda do secretário do Planejamento e Gestão e presidente do Conselho Nacional de Secretários de Estado da Administração – CONSAD, Eduardo Diogo, na tarde desta terça-feira, dia 12/03, em Brasília. Nesta quarta-feira, Eduardo Diogo tem almoço com a ministra Mirian Belchior, no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.

Na Jornada, o secretário da SEPLAG falou sobre “Os Potenciais da Articulação Federativa no Âmbito da Gestão de Políticas Públicas”, no painel que abordou “Desafios da Governança Federativa.  Promovida pelo Governo Federal, a 1ª Jornada Internacional de Gestão Pública, que termina nesta quarta-feira, tem como tema central “Os Desafios da Gestão Pública para a Eficiência do Estado voltado para o Cidadão”. E foi com foco na busca constante de proporcionar serviços de qualidade ao cidadão que o secretário Eduardo Diogo pautou sua apresentação.

“Todo o conjunto de políticas públicas, seja em qualquer área do setor público, precisa ser voltado, prioritariamente, para melhorar a qualidade de vida das pessoas. O foco, portanto, deve ser sempre concentrado no cidadão”, afirmou Eduardo Diogo, enfatizando a importância do papel do gestor público, “que precisa considerar a possibilidade, no momento da tomada de decisões, de estar equivocado. É Importante consultar antes de decidir.” O Secretário lembrou ainda que o gestor precisa ter a consciência de que a humildade é fundamental para que possa desempenhar sua missão com eficiência e eficácia.

Outro ponto abordado por Eduardo Diogo foi a relação entre os entes federados, “que deve ser de inter(in)dependência. É um conceito mais contemporâneo e moderno”. Ao explicar sua posição, o Secretário disse que a inter(in)dependência “é quando temos a consciência de que precisamos de todos, mas não precisamos 100% de ninguém específico. Vamos valorizar o papel de cada um, mas não ficar submisso a nenhum ente”. Para Eduardo Diogo, o que interessa é a busca de soluções compartilhadas entre os entes. “Ao cidadão interessa a solução de seus problemas”, reforçou.

Ao aprofundar a questão, Eduardo Diogo destacou a importância de se observar a diferença entre cooperar e competir. “A cooperação deve ser prioritária. A competição precisa acontecer quando salutar, com cada um buscando fazer mais pela população. Mas a palavra chave deve ser sempre cooperar”, salientou o Secretário da SEPLAG. Além de Eduardo Diogo, o painel “Desafios da Governança Federativa”, coordenado pelo vice-presidente do CONSAD, Wilmar Lacerda, secretário da Administração Pública do Distrito Federal, teve a participação da advogada Paula Ravanelli Losada, subchefe de Assuntos Federativos da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República, Odorico Monteiro, secretário de Gestão Estratégica e Participativa do Ministério do Planejamento, e Esther Bemerguy da Albuquerque, secretária de Planejamento e Investimentos Estratégicos.

Do Centro de Convenções Ulysses Guimarães, onde acontece a Jornada, o secretário Eduardo Diogo dirigiu-se à sede do Banco Intermericano de Desenvolvimento, onde foi recebido pelo Chefe de Operações da instituição, Juan Carlos De La Hoz.  “Foi uma visita de cortesia a uma instituição que tem sido importante parceira do Governo do Estado em grandes projetos”, afirmou o Secretário da SEPLAG.

Tags:,