Secretário abre VI Congresso Consad de Gestão Pública

Secretário abre VI Congresso Consad de Gestão Pública

17 de abril de 2013

Ao abrir o VI Congresso Consad de Gestão Pública, o secretário do Planejamento e Gestão, e presidente do Conselho Nacional de Secretários de Estado da Administração  – Consad, Eduardo Diogo disse que o evento é dedicado a construção de um mundo melhor. “É dedicado a todo cidadão que precisa receber um olhar mais atencioso e zeloso do Estado”, reforçou o Secretário, lembrando a importância da busca frequente pela melhoria do serviço prestado ao cidadão brasileiro.

O Congresso foi aberto na tarde desta terça-feira, dia 16, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília, com a presença de 2.310 participantes entre gestores, consultores, especialistas, acadêmicos e servidores públicos. Além do secretário Eduardo Diogo, participaram da solenidade de abertura a secretária de Gestão Pública do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, Ana Lúcia Amorim, o secretário da Administração Pública do Distrito Federal, Wilmar Lacerda, a secretária do Planejamento e Gestão de Minas Gerais, Renata Vilhena, e o diretor do SEBRAE, Bruno Quick.

Eduardo Diogo agradeceu aos colaboradores anônimos “que não aparecem mas têm participação significativa nesse evento”. Agradeceu também “aos colegas secretários que integram o Consad, aos patrocinadores pela contribuição para a realização deste Congresso e ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão”.

O presidente do Consad enfatizou a relevância dos resultados apresentados pelas edições anteriores, como a Agenda Comum de Gestão Pública União – Estados, que começou a ser discutida no Congresso de 2012 e foi assinada no final do ano entre o Governo Federal, Consad e Conseplan (Conselho Nacional de Secretários Estaduais do Planejamento). A Agenda define os dez eixos prioritários para o fortalecimento e aperfeiçoamento da gestão pública.

Outro ponto a ser destacado é o aumento do número de trabalhos a serem apresentados. Este ano serão 243 compondo 63 painéis. Ao concluir, Eduardo Diogo enfatizou que a cada ano o Consad procura trazer inovação na programação do Congresso, como a primeira edição do Prêmio Consad de Jornalismo, que terá seus vencedores contemplados nesta edição.

A solenidade de abertura foi finalizada com a entrega da Medalha do Mérito Consad, outorgada este ano a Cláudia Costin, secretária de Educação do Município do Rio de Janeiro e ex-ministra da Administração Federal e Reforma do Estado, Duvanier Paiva (in memorian), ex-secretário de Recursos Humanos do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, e Paulo Modesto, presidente do Instituto Brasileiro de Direito Público e professor de Direito Administrativa da Universidade Federal da Bahia.

Tags: