DSC00679

Em Washington, encontro com o famoso alfaiate dos presidentes, George de Paris

20 de maio de 2014

Em Washington, Eduardo Diogo esteve com o franco-americano George de Paris. Conhecido como “Alfaiate não oficial dos Presidentes”, George de Paris confeccionou ternos para presidentes norte americanos, a partir de Lyndon Johnson, que governou de 1963 a 1969. Estudou na Alemanha, França, Japão e Áustria.

Nascido em Marselha, migrou para Washington (EUA), acompanhado de uma jovem dama. Depois do término do relacionamento, De Paris viu-se sem teto e forçado a dormir em bancos de jardim.

Após o período conturbado, economizou dinheiro e comprou a primeira máquina de costura. Esse foi o primeiro passo para o sucesso. Logo ganhou fama e sua reputação espalhou-se e chegou até o então presidente dos Estados Unidos, Lindon Johnson, que tornou-se cliente do alfaiate. Desde então, George de Paris confeccionou ternos para todos os presidentes que sucederam Johnson.

tailor21