Eduardo Diogo destacou a importância do momento de parada para reflexão e aperfeiçoamento
Eduardo Diogo destacou a importância do momento de parada para reflexão e aperfeiçoamento

Encontro Nacional do IBGE debate Contas Regionais e PIB dos Municípios

22 de setembro de 2014

O secretário do Planejamento e Gestão, Eduardo Diogo, participou da abertura do Encontro Nacional de Contas Regionais e do XXII Encontro Nacional do PIB dos Municípios, eventos que reúnem representantes dos órgãos de pesquisa e estatística de todos os estados. A solenidade foi realizada na manhã desta segunda-feira, dia 22/09, no Quality Hotel Fortaleza, com a presença do diretor geral do IPECE, Flávio Ataliba, do gerente de Contas Regionais do IBGE, Frederico Caminha, do Chefe da Unidade Estadual do IBGE no Ceará, Francisco Lopes, e da coordenadora Pedagógica da Escola de Gestão Pública, Flora Teles.

Durante a solenidade de abertura, a direção do IPECE prestou homenagem póstuma à economista Eloísa Bezerra, responsável pela elaboração trimestral dos resultados do desempenho da economia cearense, ficando conhecida pelos colegas do IPECE como “a mãe do PIB”. Os filhos da economista, falecida há um ano, receberam uma placa de reconhecimento ao desempenho no serviço público estadual.

O secretário Eduardo Diogo manifestou-se solidário à homenagem, reconhecendo a relevância do trabalho de Eloísa Bezerra no IPECE.  Destacou o empenho da equipe liberada pelo diretor Flávio Ataliba, “que soube fazer a transição com maestria, sem qualquer prejuízo. Profissionais de carreira da instituição souberam dar continuidade ao trabalho feito de modo preciso”.

Ao comentar sobre o encontro, Eduardo Diogo disse ser importante como momento de parada e repartida, para refletir e ver o que deve ser aperfeiçoado e aprimorado. Enfatizou ainda que cada vez mais se faz necessário um elevado nível de consciência por parte dos gestores para que haja uma relação de complementaridade, de valorização e respeito recíproco entre o político e o técnico.

Lembrou que o governador Cid Gomes, ao assumir a gestão em janeiro de 2007, implantou a filosofia da valorização das instituições, “dando total liberdade para que o IPECE trabalhasse”.

DSC_6394

Filhos da economista Eloísa Bezerra recebem placa em homenagem póstuma

DSC_6425

Para Eduardo Diogo, é necessário um elevado nível de consciência dos gestores