28.10.14_-_Reuniúo_Missúo_BID_Gabinete-A

Banco Mundial inicia missão com foco no PforR Ceará

28 de outubro de 2014

28.10.14 - Reunião Missão BID GabineteSecretário Eduardo Diogo recebeu Tom Kenyon e Suzana Amaral, ambos do Banco Mundial 

O secretário do Planejamento e Gestão, Eduardo Diogo, recebeu uma missão do Banco Mundial que terá uma agenda de reuniões com gestores e técnicos do Governo do Estado para discutir ajustes do Projeto de Apoio ao Crescimento Econômico com Redução das Desigualdades e Sustentabilidade Ambiental do Ceará – Programa para Resultados (PforR Ceará), no valor de US$ 350 milhões. O secretário recebeu a informação de que três indicadores do Projeto serão aferidos agora em dezembro, devendo o próximo desembolso ocorrer em março de 2015.

O encontro aconteceu na manhã desta terça-feira, dia 28/10, no Gabinete da Secretaria do Planejamento e Gestão (SEPLAG). Além do secretário Eduardo Diogo, participaram o gerente geral do Programa, Tom Kenyon, a especialista em gerência financeira, Susana Amaral, o diretor geral do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), Flávio Ataliba, e a coordenadora do PforR Ceará, Cristina Medeiros.

Durante a reunião, foi abordada ainda a sucessão no Governo do Estado, com a eleição de Camilo Santana para suceder o governador Cid Gomes a partir de 1º de janeiro de 2015. “Para o secretário da SEPLAG, será um governo de continuidade com os aperfeiçoamentos devidos, eleito com a aprovação do modelo implantado no estado pelo governador Cid Gomes”, disse Eduardo Diogo, acrescentando que considera “a maior satisfação de qualquer governante, além das realizações que deixa para a população ao longo do seu mandato, é eleger o sucessor, como ocorreu agora”.

Eduardo Diogo acrescentou que, mesmo com um governo de continuidade, o governador eleito Camilo Santana fará ajustes e tem a obrigação de fazê-los, focado em três vertentes: fortalecer o que está dando certo; fazer os ajustes necessários para corrigir o que não está apresentando os resultados esperados; e a inovação para fazer o que não foi feito.

Tags:,