Menu

12a Plenária DAF

Plenária DAF traz atualização de Grupos de Trabalho
Na ocasião, o diretor Eduardo Diogo, falou sobre a importância dos GTs concluírem suas entregas

Na tarde desta sexta-feira (05) a Diretoria de Administração e Finanças reuniu, via videoconferência e presencialmente na Sede do Sebrae Nacional, os diretores de administração e finanças de todo o Sistema Sebrae para a 14ª Plenária DAF. O encontro foi liderado pelo diretor de Administração e Finanças, Eduardo Diogo, e contou com a presença do diretor Técnico, Bruno Quick. Na ocasião, foram debatidos o andamento dos 9 Grupos de Trabalho.

Na abertura do encontro, Eduardo Diogo chamou a atenção para a importância da agilidade e senso de urgência nos encaminhamentos. “Estamos em março de 2021 e agora a gente precisa conjugar o verbo perfazer, que é concluir. O fazer a gente conjugou nos dois anos anteriores, agora a gente precisa concluir. Não temos mais tempo para perder! Esse ano e o próximo nós precisamos entregar”, disse. Dos 9 GTs, apenas dois concluíram suas entregas. São eles o 6 “Infraestrutura em Tecnologia para a Transformação Digital” e o 8 “Criar cultura de gestão, monitoramento e foco no cliente por Indicadores – alinhados ao contrato de gestão”.

Diogo aproveitou a ocasião para agradecer a presença física de Guilherme Campos, diretor de Administração e Finanças do Sebrae/SP. “Queria agradecer a presença do Guilherme, que é uma expressão muito grande de como o Sebrae São Paulo tem sido um parceiro nas ações do Sistema. A gente tem a alegria de ter a validação e o fortalecimento das ações do Sistema com o estado de São Paulo”, disse.

O diretor técnico, Bruno Quick, falou sobre a importância do trabalho em rede e, na mesma linha de Eduardo Diogo, falou da necessidade de se dar celeridade às demandas. “A gente tem trabalhado muito juntos neste desafio de fazer o Sebrae funcionar. Estamos em um desafio vivo e a agilidade é essencial, porque as coisas estão acontecendo muito rápido e estamos sendo muito pressionados. Pessoalmente eu estou muito satisfeito e muito animado com essa colaboração permanente”, afirmou.

Conheça os GTs

Grupo 1 – Gestão Estratégica de Pessoas
Grupo 2 – Sistema de Inteligência de dados
Grupo 3 – Sistema Único e Integrado no Sistema Sebrae
Grupo 4 – Centrais de Serviços Compartilhados
Grupo 5 – Gestão de Fornecedores
Grupo 6 – Infraestrutura em Tecnologia para a Transformação Digital
Grupo 7 – Gestão de Riscos
Grupo 8 – Criar cultura de gestão, monitoramento e foco no cliente por Indicadores – alinhados ao contrato de gestão
Grupo 9 – Captação de Recursos para o Sistema Sebrae
Grupo 10 – UniSebrae
Grupo 11 – Programa Nacional de Produtividade